Juca e Chico: 7 travessuras

capa

Autor: Wilhelm Busch
Ilustrador: Wilhelm Busch
Tradutor: Olavo Bilac, sob o pseudônimo de Fantásio
Número de chamada: LIJ 8653
Número de registro: 19856/2011
Editora: Itatiaia
Número de páginas: 67

 

 

 

chave

Resenha:
Publicado em 1865 na Alemanha, este livro apresenta ao leitor brasileiro as sete travessuras de uma dupla inseparável, Max e Moritz, ou melhor, Juca e Chico. Nada escapa às “brincadeiras” dos dois meninos – nem a própria família! Do prólogo à conclusão, onde o leitor descobre o castigo para o comportamento nada exemplar de Juca e Chico, a história é narrada em versos e ilustrada com os desenhos bem-humorados do autor, considerado o precursor das histórias em quadrinhos. A escolha vocabular cuidadosa do tradutor confere ritmo e humor à história, tornando a leitura agradável a leitores de todas as idades. Um ótimo livro para se discutir o politicamente correto dos dias atuais.
Palavras-chave: poesia, infância, amizade, travessura, humor.
Imagem-chave: 14 e 15
Nome do Resenhista: Francisco Thiago Camêlo
Obs.: O livro é o volume número 1 da série Juca e Chico, reunião em 8 volumes de histórias de Wilhelm Busch.
Olavo Bilac foi o primeiro a traduzir a obra, em 1915, tendo sido responsável pelos nomes que a intitula, os quais permanecem até os nossos dias.

rodapé_gg

© 2016 iiLer/Cátedra Unesco de Leitura PUC-Rio Todos os direitos Reservados

Webmaster responsável: Viviane Moreira

Fazer login com suas credenciais

Esqueceu sua senha?

Pular para a barra de ferramentas