Macunaíma

macunaima_capa
Autor: Mário de Andrade
Ilustrador: Angelo Abu e Dan X
Editora: Peirópolis
Ano da Publicação: 2016
Número de páginas: 80

Resenha:
A obra sobre o anti-herói preguiçoso e folgado já foi adaptada para vários formatos, macunaima_2mas pela primeira vez ganha uma versão em quadrinhos. Com uma incrível riqueza de imagens e cores, os desenhistas e adaptadores transportam o leitor para a época tupiniquim no Brasil. Eles preservam o espírito da obra, recheada de humor, erotismo, poesia e escracho, ao mesmo tempo o adaptam à linguagem moderna. Macunaíma nasce índio, se transforma em um belo e loiro príncipe, encontra seres fantásticos da Floresta Amazônica, enfrenta armadilhas e perigos e viaja à cidade. A adaptação traduz a narrativa para a linguagem das HQs preservando a irreverência do original.
Palavras-chave: cultura brasileira; mitos indígenas; metamorfose; Macunaíma; HQ; Mário de Andrade, crítica e interpretação.
Imagem-chave: página 37
Nome do Resenhista: Ana Paula Oliveira
Obs.: A HQ tem três capítulos menos que o livro, mas preserva a narrativa principal e preserva com fidelidade o linguajar adotado por Mário de Andrade, que mescla o português culto a termos do tupi e do tupi-guarani.

rodapé_gg

© 2016 iiLer/Cátedra Unesco de Leitura PUC-Rio Todos os direitos Reservados

Webmaster responsável: Viviane Moreira

Fazer login com suas credenciais

Esqueceu sua senha?

Pular para a barra de ferramentas