Uma criança única

uma-crianca-unica_capa
Título: Uma criança única
Autor: Guojing
Ilustradora: Guojing
Editora: Vergara & Riba Editoras
Ano de Publicação: 2016
Número de páginas:

 

 

 

Resenha:
O único texto verbal do livro é um pequeno bilhete ilustrado: “fui uma-crianca-unica_2visitar a vovó”. Sozinha em casa, uma criança sai à rua e toma um ônibus no qual adormece.  Despertando, encontra-se perdida e só. Em busca de sinais para recuperar o caminho, procurando companhia, a adorável criança feita de lápis em tons pastéis encontra um animal único, que a protege. Com ele, faz uma viagem pelo mundo da imaginação até finalmente retornar à casa, onde sua mãe a espera. As imagens expansivas de página dupla e de longínquas perspectivas, com pequenos cortes de detalhes gestuais e expressões faciais de alegria, medo, tristeza, surpreendem o leitor pela delicadeza e fluidez das ilustrações. A narrativa toda em imagem sépia silencia o verbo e permite um encontro com a solidão da infância.
Palavras-chave: livro de imagem, infância, solidão, imaginação.
Imagem-chave: p.70 e (foto da p.2)
Nome Resenhista: Marcela Fernandes de Carvalho
Obs.: Em apresentação no final do livro a autora chinesa conta “a política do filho único” que reinou na China durante os anos 1980.

 

 

rodapé_gg

© 2016 iiLer/Cátedra Unesco de Leitura PUC-Rio Todos os direitos Reservados

Webmaster responsável: Viviane Moreira

Fazer login com suas credenciais

Esqueceu sua senha?

Pular para a barra de ferramentas