A colecionadora de cabeças 

Título: A colecionadora de cabeças

Autor: Ana Matsusaki
Ilustrador: Ana Matsusaki
Editora: Editora do Brasil
Ano de publicação: 2020
Número de páginas: 40
Palavras-chave: Diferenças, Morte, Estranho, Diversidade

Resenha:

Uma colecionadora de cabeças, cujo nome Rosália traz reminiscências da cultura romana, classifica suas peças pelos pensamentos que as povoam. Em sua coleção tem de tudo: botânico, músico, criança, viajante e até uma  personagem metódica, que estranha os rostos que não sejam perfeitamente centralizados. Um estranhamento que pode acompanhar também o leitor em toda a leitura, ao deparar-se com as ilustrações das cabeças inspiradas na estética cubista. Este estilo recorre à  desconstrução da harmonia facial,  abrindo  espaço para os rostos serem compostos não apenas por olhos, nariz, boca, orelhas e cabelos, mas também por objetos que povoam o imaginário de cada uma das cabeças da coleção. A narrativa, marcada por convites para que o leitor participe de sua elaboração, aposta no estranho, atenuado por um discreto humor e termina de forma surpreendente.

Resenhista: Luciana Conti

Imagem-chave: páginas 26 e 27

rodapé_gg

© 2016 iiLer/Cátedra Unesco de Leitura PUC-Rio Todos os direitos Reservados

Webmaster responsável: Viviane Moreira

Fazer login com suas credenciais

Esqueceu sua senha?