Lila em Moçambique

Título: Lila em Moçambique

Autor: Andreia Prestes
Ilustrador: Camilo Martins
Editora: Quase Oito
Ano de publicação: 2020
Número de páginas: 40
Palavras-chave: Identidade Cultural, Memória, Refugiados, Infância, África, Saudade, Imigração

Resenha:

Em Maputo, os aromas de temperos e frutas tomavam conta das feiras onde  os panos eram sempre coloridos, as mulheres carregavam capulanas em suas cabeças e a rua era o quintal. E foi lá, no país africano, que Lila cantou, brincou e viveu livremente a infância. Em tom saudoso, a história aborda a experiência da menina que, junto com os pais, fora obrigada a deixar sua terra natal e enfrentar perigosas travessias em busca de melhores condições de vida. A narrativa registra palavras no idioma “xichangana”. Como não descreve nem mostra imagens da protagonista,  fica o convite ao leitor para pensar em  todas as crianças que representam  imigrantes e refugiados em todo o mundo. A capa e folhas de guarda apresentam símbolos gráficos que também são estampados nos tecidos de alguns povos africanos. O formato da publicação “a francesa” valoriza a simetria das coloridas e alegres imagens sangradas, em páginas duplas, que podem ser comparadas a telas.

Resenhista: Karla Japor

Imagem-chave: páginas 16 e 17

rodapé_gg

© 2016 iiLer/Cátedra Unesco de Leitura PUC-Rio Todos os direitos Reservados

Webmaster responsável: Viviane Moreira

Fazer login com suas credenciais

Esqueceu sua senha?