Meu vô Apolinário: Um mergulho no rio da (minha) memória

Meu vô Apolinário

Autor: Daniel Munduruku

Ilustrador: Odilon Moraes

Editora: Edelbra

Palavras-chave: Avô, Memória e Povos Indígenas

Resenha: Um livro que desde o inicio sensibiliza o leitor trazendo o presente e passado da vida de um neto e um avô Munduruku que com seus ensinamentos constrói no menino o sentido de ser de um povo indígena e ter orgulho dessa cultura originária e essa forma de viver no mundo de forma simples e cheia de respeito a natureza. As ilustrações de extrema beleza dialogam a todo instante com o texto.

Resenhista: Lúcia Fidalgo

Imagem-Chave: página 40

0 Comentários

Envie uma Resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*

Fazer login com suas credenciais

Esqueceu sua senha?